quinta-feira, 13 de maio de 2010

Teorizando...

Boa noite pessoas bonitas. ;)

Por será que mundo gira? Que as folhas caem no outono? Que envelhecemos, ficamos doentes, idolatramos pessoas, erramos... Por que será?
Penso que devíamos todos ter as nossas "Areias do tempo", para que em algum erro possamos aprender com ele e ao mesmo tempo consertá-lo. não paro de pensar as vezes em como minha vida poderia ser, estar, ou se tornar totalmente diferente se algumas atitudes que tomei podessem ser trocadas, claro que não me arrependo também, todas me trouxeram meus amigos que são minha família de hoje. Uma situação confusa e complexa, demais. Mesmo mesmo.
Me pego imaginando minha vida como seria se, naquelas vezes, naqueles dias nos quais errei, naquelas chances que tive de dizer sim ou não a devidas coisas e fiz o contrário. Mas também não me culpo tanto, não podemos imaginar como tal situação irá ficar depois de nossa ação. Tentamos sempre prever, mas nunca temos certeza, e geralmente vemos que se escolhessemos a outra opção seria melhor, entretanto, isso cai direto naquela antiga frase: A grama do vizinho é mais verde. Pensamos que a outra opção seria melhor simplesmente porque não a vivemos, logo, imaginamos ser melhor de que a que estamos.

Enfim, teorias e teorias... Desde de relatividade, cordas, bordas, tortas... :D
Escolhe um caminho, siga sem olhar para trás. E... Descubra os mistérios que vem pela frente. Esteja sempre empunhando sua mais bela espada e escudo. Um manto de Mithril sempre é útil contra obstáculos em seu caminho, como dizem, um ótimo ataque nada mais é que uma bela defesa. Okay, chega de RPG. ^^

Boa noite.



"Eu não sei com que armas a Terceira Guerra Mundial será travada, mas a Quarta será travada com paus e pedras."
-Albert Einstein.


7 comentários:

Quincy disse...

Então, quero estar vivo até a 4º guerra. KKKK' Ótimo tópico.

Shiryu disse...

Vlw *-*

mayzinha_maya disse...

cada dia melhor shira.

Beatriz. disse...

"Me pego imaginando minha vida como seria se, naquelas vezes, naqueles dias nos quais errei, naquelas chances que tive de dizer sim ou não a devidas coisas e fiz o contrário..."

Sempre paramos para pensar nesse "SE". Já pensou SE essas duas letrinhas não existissem? Teríamos que aceitar as coisas com mais naturalidade. Mas como nós homens, somos totalmente fúteis, gostamos de complicar a coisa mais prática do mundo: ACEITAR OS ERROS, E SEGUIR DE CABEÇA ERGUIDA PARA NOVOS APRENDIZADOS!

Beeeijos Vi! :)

Kah Lessa disse...

(In)felizmente o "se" não existe. Prefiro acreditar que tudo é como deveria ser. Assista ao filme "Tudo Pode Dar Certo". =D

ah! tem post novo no meu blog: http://daretoinspireme.blogspot.com/

Mayara disse...

orgulhosa *---*

Mayara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.